(11) 98307-2603
Entenda a história da perseguição aos cristãos

Entenda a história da perseguição aos cristãos

Do século 1 ao 21 a igreja tem passado por tribulações, mas sempre vitoriosa.


“Então eles os entregarão para serem perseguidos e condenados à morte, e vocês serão odiados por todas as nações por minha causa.” (Mateus 24.9)


Essa é mais uma profecia do fim dos tempos e ela faz parte do Sermão Profético de Jesus. Muitos imaginam que ela “ainda vai acontecer”. Mas, na verdade, ela vem acontecendo desde os tempos da Igreja Primitiva. Vamos ver alguns textos:

“…enfrentaram zombaria e açoites, outros ainda foram acorrentados e colocados na prisão, apedrejados, serrados ao meio, postos à prova, mortos ao fio da espada. Andaram errantes, vestidos de pele de ovelhas e de cabras, necessitados, afligidos e maltratados.” (Hebreus 11.36-37)

Por causa do grande número de convertidos e também por conta das curas e libertações, o sumo sacerdote e os saduceus ficaram com inveja dos seguidores de Cristo e “mandaram prender os apóstolos, colocando-os numa prisão pública”. (Atos 5.14-18)

“…o rei Herodes prendeu alguns que pertenciam à igreja, com a intenção de maltratá-los, e mandou matar à espada Tiago, irmão de João.” (Atos 12.1-2)

Estevão foi apedrejado até a morte. Paulo foi açoitado com varas, apedrejado e, como ele mesmo disse, foi tratado como lixo do mundo (1 Coríntios 4.13).

São muitos os textos que dão detalhes sobre como os cristãos foram humilhados e terrivelmente perseguidos.

“De fato, todos os que desejam viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos.” (2 Timóteo 3.12)

“Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, pois deles é o Reino dos céus.” (Mateus 5.10)


Vamos conhecer a história da perseguição

Para antever o nosso futuro, nada melhor que compreender o nosso passado. A história da humanidade mostra que os cristãos sempre foram perseguidos por causa dessa missão de pregar a Palavra. Perceba que do século I até o dia de hoje, a Igreja de Cristo nunca se livrou disso, é por isso que é tão difícil e trabalhoso pregar o Evangelho em todo mundo. Há grandes impedimentos por parte de governos anticristãos, principalmente dentro do contexto comunista e muçulmano.

Perseguição do século 1 ao 21

Nos três primeiros séculos – o Império Romano perseguiu e oprimiu os cristãos, até o imperador Constantino oficializar o cristianismo, no ano 313. Durante esse período, teve o incêndio de Roma, em 64, quando Nero usou os cristãos de bode expiatório, culpando eles daquela tragédia. Muitos foram torturados, queimados e executados.

Séculos 4 e 5 – Houve uma trégua para os cristãos e uma certa tolerância, pelo menos dentro das fronteiras da civilização.

Séculos 5 a 15 – esse período é conhecido como Idade Média – “Os mil anos da incerteza” ou “Idade das Trevas”. A perseguição nessa época se deu por parte dos bárbaros e do islamismo. No Norte da África e no Oriente Médio a igreja foi destruída pelos muçulmanos. Na Europa e na Ásia, os bárbaros (que lutaram contra os romanos), expulsaram dali todos os povos. Nas poucas igrejas sobreviventes, os cristãos eram vistos como cidadãos de segunda categoria.

Por outro lado, a união entre a Igreja e o Estado, tornou o Evangelho inacessível aos cristãos. Foi um tempo de dominação política e religiosa, quando as missas eram rezadas em latim. A Bíblia só chegou às mãos dos fieis depois da Reforma Protestante, que teve como personagem principal Martinho Lutero. Durante esse período, muitos foram excomungados e queimados na fogueira como hereges.

Séculos 16 a 19 – muitos desses cristãos reformados sofreram perseguição, em várias partes do mundo. Na maioria dos países europeus, houve tolerância no final do século 17 e, na Inglaterra e Holanda, isso só aconteceu no final do século 18. Quando veio o movimento iluminista, que separou a religião da vida cotidiana, a perseguição cessou em alguns lugares, mas em outros, a perseguição por parte dos muçulmanos extremistas começou a crescer ainda mais.

Século 20 – foi invadido pelo comunismo e o nacionalismo. Uma nova doutrina ateísta chegou para tomar o lugar da religião. Vimos isso na China, Coreia do Norte, Cuba, Vietnã, entre vários outros países.

Século 21 – esse movimento comunista está se espalhando pelo mundo através do marxismo cultural, que é uma forma bastante sutil de impor algumas ideologias. Isso acontece através da cultura, da educação e da comunicação. Essa invasão já tomou conta das escolas, universidades, teatros, cinemas e até programações infantis. Dessa forma, o cristianismo é atacado mesmo onde existe liberdade religiosa. É uma nova modalidade de perseguição através do domínio da mente e não do corpo.

Mas essa é a realidade do mundo ocidental. A igreja no mundo oriental tem enfrentado a perseguição à moda antiga mesmo, através de prisões, torturas e execuções, até o dia de hoje. Atualmente, a Igreja Perseguida tem crescido a cada ano.

Igreja cada vez mais Perseguida

Mas isso não é tema das manchetes internacionais. O mundo secular não se importa com esse tipo de notícia. Enquanto isso, a ideologia islâmica extremista, ultranacionalista, comunismo, paranoia ditatorial e outros sistemas estão massacrando os cristãos ao redor do mundo.

Risco de perseguição digital

Na medida em que o Evangelho é pregado em todas essas nações, se espalhando pelo mundo, a perseguição o acompanha e se intensifica, ganhando inclusive novas modalidades. O risco da perseguição digital tem crescido também, através do extremo monitoramento e vigilância por parte de alguns governos. É possível observar isso na China, por exemplo, que é um país comunista.

Adorar a Deus e colocar Jesus Cristo acima do presidente e do Partido é uma afronta ao governo. Pior ainda é a situação na Coreia do Norte, o país número 1 em perseguição aos cristãos, onde eles vivem totalmente isolados do mundo. Os cristãos norte-coreanos vivem como prisioneiros, num campo de trabalhos forçados, nas piores condições que se pode imaginar.

Nesse caso, nem que a mídia se importasse, ela poderia mostrar essa realidade, porque a Coreia do Norte é o país mais fechado do mundo. Muitos jornalistas que ousaram dizer a verdade foram executados como criminosos.

Cumprimento da profecia

Já vimos que a perseguição aos cristãos sempre existiu. Até o dia de hoje, milhões são perseguidos, maltratados e condenados à morte, como foi profetizado por Jesus. Mas como sinal para o fim dos tempos, essa profecia se cumprirá em sua totalidade quando os cristãos forem “odiados por todas as nações”, como afirma Mateus 24.9.

De acordo com a ONU (Organização das Nações Unidas), oficialmente há 193 países no mundo. Segundo a Portas Abertas, além do ranking dos 50 países que perseguem os cristãos com diferentes graus de violência, essa situação já se estende para mais 23 países, no mínimo. Então, das 193 nações, em 73 delas não há liberdade de religião. Nas outras 120, apesar da liberdade, há vários movimentos contra o cristianismo.

A Bíblia nos diz que essa falta de liberdade se estenderá por todo o mundo e, no final dos tempos, o ódio pelos cristãos será praticado de maneira global. Ore para que a igreja no Ocidente esteja preparada para enfrentar esse tempo. E que os cristãos que já vivem essa realidade sejam fortes e que permaneçam firmes na fé, até o ponto de morrer por Cristo, sempre que houver essa imposição.

Estude a Bíblia no Telegram

No grupo de estudos Bíblia Investigada você poderá tirar muitas dúvidas sobre vários textos bíblicos. A proposta de trabalho está baseada no jornalismo, sempre em busca de compreensão das Escrituras através de pesquisas e reportagens que incluem expressões idiomáticas, costumes judaicos e cultura dos povos antigos.

Aqueles textos que parecem confusos ou que são usados de forma inadequada podem ganhar um novo sentido e mudar nossas vidas de maneira muito positiva. A Bíblia é incrível! Quanto mais nos aprofundamos em seus ensinamentos, mais nos transformamos e caminhamos em direção ao Criador.

Se você quer fazer parte desse grupo, acesse gospelpri.me/biblia-investigada. Acompanhe a página Bíblia Investigada no Facebook acessando: facebook.com/groups/apocalipsehoje/

Referências
História da perseguição aos cristãos (Portas Abertas) – https://www.portasabertas.org.br/cristaos-perseguidos/historia-da-perseguicao
Além dos 50 países da Lista Mundial da Perseguição – https://www.portasabertas.org.br/noticias/cristaos-perseguidos/alem-dos-50-paises-da-lista-mundial-da-perseguicao


Compartilhar

Comentários